quarta-feira, fevereiro 09, 2005

Em busca da felicidade

Ando à procura da felicidade, mas não consigo encontrá-la. Que terei que fazer? Ninguém me pode ajudar. Isso sei eu. Mas será que é assim tão difícil? Ele, aquele, que me tirou a felicidade, não ma pode devolver? Ela, aquela que usou e abusou do que não era dela, aquela que fez com que ele ma tirasse, Não me podem devolver aquilo que eu quero e tanto procuro? E aqueles amigos que estupidamente me podem ajudar e em vez disso que apunhalam pelas costas? Será que são dignos de ser amigos? Ou melhor, será que são dignos que eu os trate por amigos? Não. Pois não. Amigo que é amigo, não deixa que as lágrimas te caiam, ou seja, ajuda-te a cima de tudo. Mas infelizmente nem todos pensam assim. pois mais uma vez a vida não é como nós queremos! Bem vou continuar a procurar e a esperar... Pode ser que um dia ou ela apareça ou eu a encontre.

1 comentário:

ZezinhoMota disse...

Se tu quiseres vais ser muito feliz! Pensa nos bocadinhos que foste feliz!
Pensa como existem no mundo tantas jovens que gostariam de estudarem como tu e não podem...

E a fome? e na tua idade aquelas que andam descalças? E a roupa toda rota e suja que nem agua têm para se lavarem?

Mais uma vez peço-te que me perdoes pelo meu atrevimento.

Estas minhas palavras é para que possa servir como REFLEXÃO!

Tu serás feliz, porque só tu é que podes conduzir a tua felicidade!

Bjnhs

ZezinhoMota