segunda-feira, maio 23, 2005

Universo do Amor

Tenho estado a pensar como seria o universo do Amor... Será que é um universo como o nosso??? Cheio de planetas, um único planeta com vida, milhares de milhões de estrelas... Como será? O imagino-o bonito, com muitas estrelas como o nosso, à qual a mais brilhante de todas é a maior que deste ponto de vista é pequenina e brilhante, a mais brilhante de todas... Posso mudar de ponto de vista... Ir para mais perto dela... Imagino esta estrela como se fosse para nós o sol!!! Vejo muitos planetas, todos com vida... Como na Terra são os Humanos, em Marte Marcianos, imaginava com um só nome... Como é universo é do Amor eram o “Amorianos”! Até é um nome engraçado! Continuando... Os “Amorianos”, eram de vários planetas, uns mais bonitos que outros, uns mais cinzentos que outros, uns mais amarelos que outros, uns mais roxos que outros, uns mais... até, e como sabem ou devem imaginar, uns mais vermelhos que outros! Todos se dão bem, todos se amam, mas essencialmente são muito unidos, nunca têm conflitos, ao contrário do que acontece na Terra! Bem, é um universo perfeito!!! Hoje termino por aqui, e deixo a vossa imaginação gritar bem alto... Amanha pode ser que o tema seja, o universo perfeito, ou o universo da união... Deixo ao vosso dispor um fim para esta e/ou um inicio para o próximo universo... E porquê universo e não mundo??? Ou estrela??? Ou.....???

8 comentários:

Cakau disse...

Seria bonito...

Mas tal universo não existe.
Cada um de nós devia pensar e agir com amor no coração. Se todos assim pensassem esse teu sonho podia tornar-se realidade.

Beijinho *

Mafalda Freire disse...

São fases que eu passo... são coisas que me fazem lembrar de que eu não posso cntinuar assim... tenho de agir!!

Confessionário disse...

Gostei da palavra "amorianos". semre era melhor que amores (faz lembrar algumas telenovelas) ou amantes (faz lembrar os adultérios)... E digo-te mais, o universo é aquilo que conseguires viver à tua volta. Ama, morzito! Tb ficava bem "morzitos". Lol

Nilson Barcelli disse...

Num universo perfeito não havia amor.
Porque o amor é o contraponto do ódio.
As coisas perfeitas, em excesso, são uma chatice. Já pensaste nisso Aninhas?
Beijo***

Nilson Barcelli disse...

Andas tão entretida com o amor que nem escreves amiga Aninhas...
Beijo***

Nilson Barcelli disse...

Respondi-te hoje de manhã ou ao princípio da tarde, já não sei bem.
Há coisas que eu não sei como descubro. Refilona terá sido algum feeling que me foi facilitado pela maneira como escreves. Talvez porque gostas de dizer o que sentes e tens o coraçã ao pé da boca (bem, isto também é o que eu sinto...).
Beijitos

H2O disse...

Nunca tinha pensado nisso...Deixaste-m pensativo, a miha imaginação só me leva a um universo onde tudo é igual excepto as coisas menos boas, um lugar especial cheio de harmonia e muito amor... Universo Amoriano,lol!

Mafalda Freire disse...

Estás bem?? Nunca mais disseste nada..