segunda-feira, junho 23, 2008

Muda-se de ares, muda-se de vida…


Desde que vim para a Guarda a minha vida tem dado muitas voltas! Tenho encontrado gente que quer bem, gente que quer mal… Tenho encontrado gente! Já me desiludi, já me surpreendi, já vivi muito!

Isto tudo para dizer que a minha vida tem estado um caos, apesar de não parecer. Vamos por partes…

Em primeiro vim para cá e pior que tudo, sinto-me sozinha! Tenho amigas e amigos bons e que gostam muito de mim e eu deles e portanto não é por falta de amigos, mas é por falta de amor. Vim para cá a pensar que talvez fosse aqui que iria encontrar aquilo a que chamo de “a minha vida”. No entanto anda cá dentro da minha cabeça um bichinho que me diz que tenho que esperar… E cá estou eu, sozinha, como sempre! Aprendi que mais vale só que mal acompanhada, mas tanto tempo sem amor? Eu sou dependente disso… Preciso. Bom, mas como já desisti de procurar vou é deixar-me ficar cá no meu lugar.

Em segundo lugar as minhas desilusões… É tão triste pensar que podemos confiar nas pessoas e depois surpreenderem-nos assim??? =( Não se trata de ninguém assim muito importante, mas o facto é que magoa… Ela é malina. Muito mesmo. Pior é ela saber que tem que crescer mas não quer, não faz nada e depois magoa as pessoas que se preocupam com ela… Não há nada a fazer!

Em terceiro lugar é a raiva que me dá quando vejo uma, vá duas pessoas! Custa-me muito! Tenho que admitir. Ainda não ultrapassei completamente o que se passou entre mim e um rapaz! Fico tão feliz por ele estar bem, mas custa-me que ele esteja a piorar em termos de personalidade… Está a perder muito! Ele que era boa pessoa, gostava muito da personalidade dele, mas está a perder o bonito que tinha! =( Fico triste…

Em quarto lugar é o que eu quero e estou a desistir. O que se passa comigo? Deixei de ter forças? Antes lutava por tudo, com toda a força, com toda a convicção, hoje, à primeira dificuldade paro, vejo o tempo passar a minha frente e não faço nada, não sei como fazer… Não sei o que se passa. Apetece-me lutar, mas está a tornar-se extremamente complexo! Estes medos, estas duvidas que me assolam quando eu começo a ganhar forças estragam tudo o que tem bases, tudo o que se pode construir. Só nos fazem desistir dos sonhos, do que amamos. Como é triste quando uma pessoa desiste… E o que chateia mais é saber qual é a solução e não poder fazer nada! Mas talvez esses medos e dúvidas me façam pela primeira vez, bem. Vou desistir de procurar, de tentar encontrar, de tentar amar… É simples, melhor, para não sofrer! Custará menos!

E por ultimo… mudei! Eu mudei! Cresci? Nem consigo ver… Mas eu mudei. Obvio que continuo sem beber e sem fumar. =) Fico contente por isso! Foi uma mudança de vida radical. Ainda hoje, passados 8meses não consigo suportar o facto de viver longe da minha vida, longe da minha cidade, longe da minha família, longe de tudo! Sinto-me sozinha, não tenho vontade para nada e não consigo dizer aos meus pais isso. Não os quero magoar, e só serão apenas mais 2anos. Hei-de aguentar! Depois volto para perto deles, para perto de tudo. Tenho que sobreviver, tenho que arranjar forças para conseguir lutar, tenho que arranjar motivação em algum lado… Agora as férias estão quase aí. Já vou ter com eles, vou-me distrair, tirar a carta (espero eu), ir à praia, divertir-me!

 

Grandes mudanças provocam grandes sofrimentos, grandes guerras, grandes lutas! Grandes mudanças exigem grandes conquistas!!!



8 comentários:

Joana disse...

Olá Ana! Há muito tempo que não falo ctg... Vou dizer-te o que acho. Vamos por partes ;)
Em primeiro lugar, acho que deves começar, isso sim, por viver tudo o há na tua vida em vez de ires desperdiçando isso enquanto procuras uma única coisa. Nem sempre se encontra o que se procura longe; às vezes está lá onde sempre estivemos, só estava escondido... ou não, claro. Mudar de ares e conhecer pessoas novas é sempre muito bom! E ainda tens muita gente para conhecer aí. Não te esqueças é de aproveitar a vida, os amigos, a família.
Em segundo lugar... bem, sobre isso não preciso de dizer nada... Não há mesmo nada a fazer, há pessoas boas e más em todo o lado, e às vezes enganamo-nos a respeito delas. Paciência!
Em terceiro, se tu mudas aceita que os outros também. Nem sempre para melhor, segundo o teu ponto de vista, mas talvez o dele não seja esse. São caminhos que se cruzam e descruzam, como diz uma amiga minha.
E por último, se sabes que estás a desistir das coisas e não queres, é simples: não desistas. Por muito que custe arrancar de novo e ganhar energia. Pede ajuda, de certeza que há algum amigo que não se importa de te puxar pela mão ;)
E de resto, sabes bem que ainda não cresceste tudo... Quem pode dizer que já terminou essa tarefa?! Portanto, se fores crescendo já não é nada mau... E se precisares de fazer mais alguma mudança, faz. O mundo dá muitas voltas e há sempre uma alternativa se alguma coisa não está bem!
Beijinho grande a até breve! ;)

Ironia em pessoa disse...

Anaaaa..

Ganda texto Loool

Vir para a Guarda, foi para muitos de no's o grande salto da vida, vinhamos cheios de expectativas, e algumas dissiparam.se, Quanto mais desesperas por uma companhia pior.. Tem calma quando tiveres que a ter tera's..
Em 2ºlugar, em todo o lado a' pessoas que nos desiludem, e' a vida, nunca vamos estar livres dessas pessoas (Se bem que aqui encontrei de mais ate'!), Mas não e' isso que me fara' desisitir ou de lutar para ser feliz.. Essas desiluçoes so me dão ainda mais força para continuar! E sabes porque? Porque essas pessoas malinas dão-se mal na vida.. ai dão dão.. E tu sabe-lo bem e se bem que ainda nos ensinam a ter mais cuidado em quem confiar.. A partir de agora são os 2 pe's atra's..

Quanto a eles.. E' normal de incomadar.. Esse coraçãozito ainda não esta' sarado.. E a personalidade dele se calhar sempre foi assim (Minha opiniao) Tu e' que so te apercebes-te agora..

Nunca desistas..

E aguarda.me que nas fe'rias vou.te melgar a cabeça!!!!! =D***


Beijinhoooos*

ZezinhoMota disse...

Entrei e li este teu desabafo, podes acreditar que existem coisas muito piores.

Nem imaginas como eu já tenho tido a minha vida do outro lado da minha existência e no entanto a minha vontade de viver é muito forte e regresso à vida quando ela se quer esvair!

Permites?

Em 98 deu-me um enfarte miocárdio e safei-me e em Julho de 2000 um fortíssimo ataque cardíaco que os médicos só me salvaram com fortes choques eléctricos. Tão fortes que tiveram de me dar anestesia geral!!!
Estive 9 dias socorrido nos cuidados intensivos com máquinas há minha volta que mais parecia um astronauta.
Safei-me!

Nos primeiros dias desse Setembro de 2000, em Gaia tiveram que me fazerem um exame difícil ao coração, com anestesia geral…Para descobrirem o que eu tinha!
Eu estava todo entubado pela boca, e…
O meu coração simplesmente parou (com o mesmo exame um Odontologista de Viana, eu ainda o conheci antes de sair de lá em fins de Julho, desse ano! Esse Doutor não teve sorte e ficou no exame, morreu)…
Nesta ocasião quando o meu Cardiologista sentiu que eu estava sem pulso (só estava a assistir, pela importância do exame, ou seria medo?) ele arrancou-me os tubos a toda a pressa…Fiquei com a boca, lábios e garganta tudo preto….

Mas o pior foi em Novembro desse ano…
Tive de ir daqui de V.N.de Gaia para a HUC (Hospitais da Universidade de Coimbra) para ser operado ao coração!
Tão difícil, a viagem seria mais de ida… mas, sem volta! Ser-se operado a um “ANEURISMA” ao coração! Mesmo que o tivesse sido por um dos melhores Cirurgiões à Caixa Torácica do Coração na Europa! Professor Manuel Antunes.
Mas quando este grande Cirurgião em finais de Setembro de 2000 me disse lá em Coimbra que eu tinha de ser operado…
Sabes o que eu lhe disse? Que já deveria ser ontem e que se ele quisesse, mesmo que eu não fosse preparado com roupas que ficava lá…
Ele riu-se e disse-me que por mais difíceis fossem as operações quando os doentes tinham vontade de viver safavam-se…
Estou curado!

Perdoa-me pelo meu atrevimento de entrar aqui e estar a ser maçador.
Mas eu quero deixar-te como mensagem que a vida deve ser vivida com alegria e com o pensamento positivo…
Mas isto ainda é uma pequena percentagem dos dramas que o meu destino me têm dado.
Mas eu tenho resistido a tudo com um sorriso…
Se fores visitar-me ao meu blogue vais confirmar a minha maneira de ser.
Que seja motivo para reflectires e tentares que a tristeza e a desolação não se apodere de ti. És jovem, és bonita, estás a lutar pelo teu futuro que será aquilo que tu quiseres!
Boas férias.

Bjnhs

ZezinhoMota

Nilson Barcelli disse...

Não sabia que estavas na Guarda... isso é o fim do mundo... mas há sempre coisas boas em qualquer lado, basta abrir os olhos...
Esquece quem te desilude assim... ou então reformula o conceito que tinhas dessa pessoa...
Não desistas, luta pelas coisas em que acreditas. Mesmo que estejas enganada vale a pena ter convicções. E tu és uma lutadora e feita para vencer. Não deixes cair os braços...
Eu também estive sozinho 2 anos e, por isso, imagino o que estás a sentir. Eu sobrevivi... tu também vais conseguir ultrapassar esse contratempo.

Fica bem, beijinhos.

Joaninha, ju, jo, jana, janeca, jojie... disse...

Bem, primeiro que tudo: ola, vim dar ao teu blog numa lista d blogs e achei girissimo o nome.. parabens, esta muito bem conseguido! =)
Em segundo, n desistas, o facto de tentar e depois de muito sforço sermos recompensadas, é gratificante e é isso q dá força para lutar no proximo desafio!
Espero que vas em breve para a tua terra e para o pé dos teus amigos e que encontres o amor, quando menos se está a espera ele aparece!
beijinhos*

Cachopa disse...

Back with a new blog :P
hahahah
kiss (K)

fantas pervertido disse...

És muito nova...e no entanto estás já com pensamentos e sentimentos tão profundamente... diria...dramáticos...! Não estarás a over-reacting ? Ainda vais conhecer muitas pessoas, muitos principes encantados, vais apanhar muitas desilusões e alegrias. É mesmo assim. Mas gostei de te ler. Devias escrever mais.

Alexandrino disse...

Fantástico seu texto embora triste....era como se essas palavras quisessem sair de minha boca e eu não soubesse como expressar...você o fez!
Me sinto como você disse: perdido, só por mudar de cidade, deixar amigos e familiares...indeciso, com medo de tomar decisões enfrentar situações...
Mas vamos viver um dia de cada vez que conseguiremos...pelo menos tiramos o aprendizado e valorizamos as pessoas e coisas importantes da vida.

Gostei muito de seu blog.
Parabéns!!!