segunda-feira, junho 19, 2006

Crisma...

Receber aquele sacramento era muito importante para mim, então tinha que me preparar e a melhor maneira era a reflexão e convivência mais forte com Deus e a comunidade. Os meus pais diziam que eu estava ocupada com muitas coisas e não tinha tempo para os estudos. Sim, de facto era isso, mas eu tinha que reflectir e a melhor maneira que encontrei era viver mais… Claro que houve gente que quis estragar o que sentia, mas Deus, que esteve sempre presente, ajudou-me e deu-me muita força! Então ultrapassei tudo! Vivi coisas que nunca esperei viver! Fui feliz de tal forma que ainda o sou e mais agora que consegui!
Faltava metade do ano para saber se fazia o crisma, apesar de já o saber, mas eu estava preparada. Tinha amigos que achavam estúpido de mais fazer o que eu fiz, mas eu achei super importante. Só faltava o padrinho, que apesar de estar escolhido tinha que dar a certeza! E escolhi! Escolhi uma das pessoas que mais amo neste mundo! O meu tio!
Chegara o dia! Estava nervosa e ia-me encontrar com o Sr. Bispo. Ele é muito simpático e já me conhecia, mas estava na mesma nervosa, porque o passo que iria dar nesse dia á noite era muito, muito, muito de meu agrado e importante, como já referi!
A tarde passou, e chegara a hora! Estava vestida e todos me davam os parabéns por estar linda! Cantei o salmo, muito nervosa, mas nunca me tinha corrido tão bem, como naquele dia! Correu mesmo muito bem!
Chegara o momento de me deslocar para receber o sacramento! Deus chamara-me e eu atendera ao Seu chamamento! Estava a caminho do Sr. Bispo, e ouvi o meu tio dizer-me baixinho: “Sente bem o que vais receber!” Logo nesse mesmo momento senti-me mais nervosa que nunca, não tive medo, mas quase chorei e quanto mais próxima estava, mais nervosa ficava! Quando o Sr. Bispo me fez o sinal da Cruz na testa, senti-me feliz, quase a explodir de felicidade, senti mesmo que o Espírito Santo estava a entrar em mim! Foi o momento mais feliz da minha vida! Mas ao virar a esquina, para vir sentar-me no meu lugar, apetecia-me chorar, de tanta felicidade que tinha, já que não podia rir, nem gritar ao mundo e a Deus para dizer: “AMO-TE SENHOR!” Não o podia fazer, pois estava na missa, portanto, controlei as lágrimas, controlei a minha felicidade, e logo a seguir, sorri... sorri quase com uma gargalhada!
Por fim, acabara a missa, acabara aquele "sofrimento" de não poder dizer nem mostrar o que sentia!
Tinha acabado a missa. Mal saí, fui ter com a minha melhor amiga! Que momento fascinante tinhamos vivido! Fiquei extremamente feliz, pois ela tinha vivido aquilo tudo comigo e sabia o que eu estava a sentir! Apetecia-me dar um grande abraço aquelas pessoas que me teriam tentado impedir de ser feliz, mas elas viraram o olhar e foram-se embora! Não pude evita-lo, pois estava rodeada de gente que me dava os parabéns!
Realmente, fora o momento mais feliz da minha vida, e o facto de me ter dedicado tanto a Deus, tinha valido a pena! Eu estava Feliz naquele dia! Estava mesmo muito feliz! Mas, ainda estou, mais agora por olhar para trás e ver que nada do que fiz, foi em vão! E Deus, sempre presente, agora mais do que nunca, vê o quanto Ele é importante para mim! Não me importo com os que não conseguem suportar a felicidade dos outros, importo-me sim, com esses que por isso mesmo, não conseguem ser felizes! Importo-me também com aqueles mais próximos, pois a minha felicidade depende da deles, e por isso mesmo, ao lutar pela minha, luto pela deles. Os meus pais estava com o brilhozinho, que tanto gosto de ver, nos olhos deles… Estavam felizes por mim! E eu por eles e por me terem trazido ao mundo, e me terem ensinado tudo o que eu sei hoje! Agradeço também ao meu tio, porque ele foi uma pessoa muito importante na minha vida, e seguirei o exemplo dele! Agradeço á minha avó, que estava sempre a lutar por mim lá em cima, e que Deus a guarde junto de Si. Agradeço ao meu avô, por aquelas “catequeses” que me deu, pois, por mais que eu diga: "Que seca! Lá vem ele outra vez com as susas lições!!!" Ele está sempre a tentar ensinar o que sabe e nós só temos que ouvir e aprender, pois porque uma pessoa idosa tem muito mais para ensinar do que os nossos pais e amigos! Agradeço oas meus padrinhos que me deram o exemplo a seguir no sacramento do Baptismo! Agradeço aos meus catequistas, por me terem guiado e ensinado a "viver" Deus! Agradeço a todos os meus amigos, porque me apoiaram e me ajudaram! Agradeço ao Sr. Bispo, por me ter ensinado que o mais importante não é receber o sacramento que sentimos, mas é sentir o sacramento que recebemos! Agradeço também aquelas pessoas, que sem eu saber rezam por mim! E agora, agradeço á pessoa mais importante… a DEUS! Porque foi Ele que me chamou, foi a Ele que eu respondi, e é Ele que eu vou seguir!
OBRIGADA A TODOS!

16 comentários:

Saraï disse...

Ainda bem que o sentiste! É um momento raro!! Único!!!
É verdadeiramente um fogo que nos obriga a continuar. É verdadeiramente preciso sentir, sentir que não se pode calar, tal como dizia o profeta Jeremias. É bom ver que a "marca" ficou entranhada na carne e marcada a "fogo".
Bom seria que todos os outros, os de ontem, os de hoje e os de amanhã; todos, o sintam...

Já agora, porque me tenho esquecido de fazer de ti emissária, o Rafael dá-vos os parabéns (abraços e beijos) por terem tido a coragem de assumir e proclamar o compromisso de receberem o Espírito Santo e não mais se calarem para anunciar a Palavra de Deus. É para ti e para todos os teus amigos e colegas da catequese.

Um beijo.
Sara Cravo

Teresinha White Snow disse...

:D:D:D:D:D k feliz estou por ti....
inda bem que sentiste bem o sacramento que recebeste...

agora sabes o que tens a fazer certo?
ajudar os outros e ires pelas ruas anunciares que Deus é a salvaçao...

força ;)
PARABENS

Sonhador Acordado disse...

Olá, e muitos parabéns!

É bom saber notícias tuas, principalmente com um testemunho tão fascinante! Quem sabe eu ainda consigo dar esse passo um dia.

Beijinhos,

Mikas disse...

Parabéns Aninhas.
O meu Crisma foi há um ano (como te deves lembrar) e ainda hoje sinto o fogo que me levou a continuar. Ainda sinto a felicidade que sentia nesse dia. Ainda sinto um abraço que me foi dado nesse dia! Aquele abraço sincero de quem está feliz contigo e por ti!

Não tive contigo nesse dia, mas vi-te, e sim, estavas linda!
Parabéns por teres tido coragem para assumir tal comprimisso. Foi um grande passo que deste, não só na tua vida cristã, como também na tua VIDA!

Beijinho grande!

Katia disse...

Ola, linda!!
Bem fiquei mto feliz pelo o teu crisma, n pode ver, mas sabes que estive sp cntg em pensamento... ficou mto feliz pela tua felicidade :)

beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Confesso que nunca imaginei que alguém sentisse tanta alegria e felicidade com o Crisma.
Eu nem sequer tenho a certeza se fui Crismado ou não. Sou agnóstico, mas gostava de sentir essa crença que tu tens.
Parabéns por teres recebido um Sacramento como muito poucos o fazem e também pela tua fé (que invejo).
Beijinhos.

Pdivulg disse...

Estou sem palavras, á medida que te fui lendo os meus pelos dos braços erriçaram-se de emoção com tanta Fé que demonstras! Estou tão estupefacto que ainda á pouco escrevi no meu blog o desânimo que sentia por eu ser catequista de Jovens que fizeram o Crisma, mas infelizmente parece-me não viveram, não sentiram a chama do Espírito Santo, fiquei triste por eles, terem desperdiçado essa oportunidade. Creio que alguma coisita lá terá ficado, mas por vezes deparamos com certas atitudes que nos entristecem. Agora tu mostras essa Fé e bem hajas por isso. Se não te importares irei transcrever-te no meu blog. Porque o teu testemunho é digno de ser lido.

NUNO BRANCO, SJ disse...

Entrei neste blog por mero acaso. Clica aqui e acolá e pronto. Mas vinha agradecer a formas simples com que falas desta tua forte experiencia. Tanto sentida como vivida. E é um privilégio ler eestas experiencias que nos vão dando indicações da presença de Deus na nossa vida.
Um beijinho de parabéns e confiança nesta tua entrega, :)

padeiradealjubarrota disse...

Pois, de facto, a Fé é um Dom grandioso e fantástico que nos move inexplicávelmente. E o Espirito Santo é Imenso.Só assim se explica a coragem desmedida dos discípulos frente às mais temíveis perseguições.Parabéns pelo o Crisma, pela a Alegria, pela Fé transmitida sem receios.

Confissões disse...

Que fé que tu desmonstras.. que é raro.. incrível.. que eu fiquei muito feliz por ti. :)

Há uns anos, quando fiz o crisma, também senti o Espírito entrar em mim.. e fiquei muito feliz por saber que Deus estará sempre ao meu lado para o que der e vier. :)

Força aí!! ;)

migalhas disse...

Olá!
Obrigado pelo teu testemunho.
Um beijo muito grande

Confessionário disse...

Um beijo do tamanho do mundo, ou maior ainda, para quem sente o amor de Deus, o que é ainda mais enorme que o meu beijo...
És um grande testemunho para mim, que sou padre!

Confessionário disse...

ó pequenina, mas não posso deixar de dizer que gostava muito do "cor-de-rosa". hehe

Vítor Mácula disse...

Obrigado, Thinky... maravilhoso relato dum passo na caminhada.

Beijoca!

Confissões disse...

Um grande beijinho!! *

Anónimo disse...

Bemmm.... grande sensação tb kero!!!
tens a certeza que tas a falar de um sacramento... plas tuas palavras até parece k tavas a ter uma sensação pouco cristã!!!! agora por kem já não sei...
a mim xamam-me beata a ti não sei mas com tanto amor podias ir pa freira pois tamos a precisr de mais! padres há muitos ;)
pensa bem só fizeste o crisma!!!!
há sensações MUUUIIITOOO melhores e que podes receber mais do que uma vez em toda a tua vida e podes responder com um simples "AMO-TE"

Beijux kidux e espero k sejas muito feliz...