sábado, março 12, 2005

Será bom ou mau?

É bom fugir dos problemas? Da minha vida? De mim? às vezes para não sofrer mais fujo de mim! Não é que tenha problemas, ou melhor não tenho problemas com ninguém nem com nada e por isso quando tenho são tão maus que me apetece sair daquele espaço, dequela pessoa, fugir!!! Enredar-me noutro pensamento noutra vida, com uma força imensa que ninguém me conseguiria largar! Assim era uma forma de resolver os tais problemas sem me fazer diferença! Problemas que são sem impotância para algumas pessoas, mas como não tenho problemas não estou preparada para os enfrentar! Mas acabo sempre por os fazer!!! Pronto tenho que admitir!!! Tenho um amigo da minha turma que gosta de mim só que eu não o quero magoar, mas também não quero afasta-lo de mim!!! Por isso não sei que fazer! Se lhe disser as coisas assim: Olha eu não gosto de ti e preferia que fossemos amigos, etc... Ele é muito frágil e afastar-se-ia de mim! Mas se não lhe disser vou deixa-lo com esperanças!!! Assim magoa-lo-ia mais facilmente! Como poderei fazer? Que grande problema!!! Não sei que faça!!! É complicado! Apetece-me sair deste corpo, desta mente, deste problema... Voar para o infinito! Sair para o futuro e ver o que se passa! Quero fugir a este problema! Será bom ou mau se o fizer??? Não sei!!! Deus tira-me daqui por uns dias!!! Tu, que ressuscitaste e que ressuscitaste Lázaro, que fizeste com que o cego visse, salvaste o leproso, etc, ajuda-me! Só por uns dias! Eu sei que me ouves, por isso te peço, ajuda-me! Tu avó a quem eu amo tanto que atingiste a perfeição, ajuda-me e ajuda Deus a ajudar-me! Eu sei! Por favor!!!

2 comentários:

Vilma disse...

Lembra: por muito que doa a verdade, ela cura. Só te libertarás com a verdade. E precisas de enfrentar a situação. Se ele se afastar, paciência. Será até melhor para ele, deixá-lo curar a sua dor... mas não podes continuar a fugir... precisas de enfrentar isso. Deus não nos deu espirito de covardia ou medo, mas de ousadia, amor e bom senso.

Imaginário disse...

A tua sabedoria Ana, está na quantidade e qualidade de perguntas que fazes à vida! Eu acho que estás a fazer um "tapete" muito belo!